Símbolos da Paraíba

Cada Estado possui seus símbolos; o Hino, o Escudo e Bandeira.

O Hino Oficial da Paraíba, possui a poesia de Francisco Aurélio Figueiredo e Melo e a música de Abdon Felinto Milanez:

Hino do Estado da Paraíba

			Salve, berço do heroísmo,
			Paraíba, terra amada,
			Via-láctea do civismo
			Sob o Céu do Amor traçada!

			No famoso diadema
			Que a Pátria a fronte aclara
			Pode haver mais ampla gema:
			Não há-Pérola-mais rara!
	
			Quando repelindo o assalto
			Do estrangeiro, combatias,
			Teu valor brilhou tão alto
			Que uma Estrela-parecias!

			Tens um passado de glória,
			Tens um presente sem jaça:
			Do Porvir canta a vitória
			E, ao teu gesto - a Luz se faça!

			Salve, ó berço do heroísmo,
			Paraíba, terra amada,
			Via-láctea do civismo
			Sob o Céu do Amor traçada!


A bandeira da Paraíba traz consigo o símbolo NEGO, em letras brancas sobre o fundo rubro-negro onde o vermelho ocupa dois terços do espaço e o preto apenas um terço, ao lado do mastro.

O NEGO representa o protesto de João Pessoa, quando não aceitou a candidatura de Júlio Prestes à Presidência da República como sucessor de Washington Luís.

A cor vermelha representa o sangue derramada por João Pessoa (ele foi assassinado) e a cor negra representa o estado de luto em que a Paraíba se encontrava no momento. Em função de seu assassinato, a capital do Estado passou a chamar-se João Pessoa.

O Escudo do Estado da Paraíba possui três ângulos na parte superior e um na parte inferior, contendo 15 estrelas azuis que representam a divisão administrativa em Comarcas. No alto, há uma estrela maior com um barrete frígio (boné de feltro com o qual o senhor cobria a cabeça do escravo na cerimônia de liberdade), significando liberdade.

No interior do escudo, há duas paisagens: uma representando um trecho do litoral com o sol nascente, e outra, um campo de criação com um pastor, numa alusão ao Sertão. Circundado-o, encontra-se uma ramagem de cana-de-açúcar à esquerda, e à direita, uma de algodão que se entrelaçam. No ponto da fusão, há uma laço vermelho, numa faixa, onde lê-se "5 de agosto de 1585", a data oficial da fundação da Paraíba.