Comité Olímpico de Portugal
Quem SomosHistóriaFederaçõesEstatutosComissõesLinksMarketing
Notícias
Notícias
Últimas Notícias
Revista Olimpo
COP
COP
Projecto Pequim 2008
Projecto Esperanças Londres 2012
Comissão de Atletas
Mínimos Olímpicos
Centro Preparação Olímpica
Apoio Médico
Portugueses nos Jogos
Resultados
Academia Olímpica de Portugal
Modalidades
Modalidades
Desportos Olímpicos
Olimpismo
Olimpismo
Jogos Olímpicos
Comité Olímpico Internacional
Solidariedade Olímpica
Carta Olímpica
ACOLOP
Documentos
FOJE
FOJE
Portugueses no FOJE
Medalhas / Arquivo FOJE
Eventos
Eventos
Calendário
Galeria
Galeria
Fotos
Video
Som
Media
Media
Informações
Acreditações
Download
Blogues
Blogues
Ver Blogues
Fórum
Fórum
Venha conhecer o nosso novo espaço de discussão. Atletas, professores, adeptos, desportistas em geral têm aqui algo a dizer.

Criar ContaVer Fóruns
Montra
Montra
Produtos

Login Registe-se
Pesquisar
 
  Hist�ria � V Olimp�ada � Estocolmo 1912
 


V Olimp�ada � Estocolmo 1912

Embora o Comit� Ol�mpico Internacional tivesse um seu representante para Portugal desde 1906 (o Dr. D. Ant�nio de Lencastre), s� a partir de 1909 se constituiu o I Comit� Ol�mpico Portugu�s. Nasceu da Sociedade Promotora de Educa��o F�sica Nacional e teve como presidente o Dr. Mauperrin Santos, anterior presidente daquela Sociedade. O objectivo da constitui��o do I Comit� Ol�mpico Portugu�s foi o empenho da participa��o do nosso pa�s nos Jogos da V Olimp�ada, em Estocolmo, em 1912. Com efeito, assim aconteceu e Portugal esteve representado.

O Comit� estava a preparar a participa��o nos Jogos de 1916 a realizar em Berlim, por�m, devido � I Grande Guerra, estes Jogos n�o se realizaram. A actividade do C.O P. ficou assim reduzida, salientando-se, contudo a ac��o que o Dr. Jos� Pontes, Secret�rio-geral do I Comit� e depois Presidente do III, teve na recupera��o dos mutilados de Guerra.
Por decreto de 14 de Agosto de 1919, assinado pelo Ministro da Instru��o P�blica Dr. Canto e Castro, foi reconhecido o Comit� e concedido um subs�dio. Dizia o Decreto �Considerando que � urgente a cria��o dum organismo desportivo... preparando as equipas representativas de Portugal nos J. O. Internacionais...�. Foi, assim, criado, o II C. O P.

Convidado a presidir, o Dr. Jos� Pontes recusou por estar empenhado na recupera��o dos mutilados. Foram nomeados 9 membros, sob a presid�ncia do Comandante Prestes Salgueiro.

 

Home | Links | Contacte-nos | FAQs | Mapa do site © Comité Olímpico de Portugal

Webdesign e Web Marketing - Enterweb