© 2001, 2002 Andrew Bernstein & PRODOS
The official position statement of Celebrate Capitalism™
Portuguese
Translation by Winston Ling
A Declaração de Bernstein
Sobre os Princípios e as Possibilidades do Capitalismo

O Capitalismo é o único sistema baseado no reconhecimento de que cada indivíduo é dono de sua própria vida. O Capitalismo é o único sistema social no qual os indivíduos estão livres para perseguir o seu auto-interesse racional, possuir propriedade, e tirar proveito de suas próprias ações. Ele tem como âncoras os direitos individuais, o governo limitado constitucionalmente, e a liberdade política/intelectual/econômica.

Quanto mais capitalista uma cultura – maior sua liberdade e prosperidade

Este é o veredicto da História. Em somente dois curtos séculos, o capitalismo levantou os níveis de vida da humanidade para alturas nunca sonhadas na era pré-capitalista. Freqüentemente esquecido hoje em dia é o fato de a Europa Ocidental, antes da revolução capitalista do final do Século Dezoito, sofrendo sob a dominação política da aristocracia feudal, ter sido o equivalente a um país do Terceiro Mundo – assolado pela fome, pragas recorrentes, e a mais absoluta pobreza. Mas não é mais assim.

Quando foi a última vez que a fome em massa ocorreu numa nação capitalista – seja na Europa Ocidental, América do Norte, ou Ásia ? Os Estados Unidos da América nunca sofreu de fome em massa em toda a sua história. O Capitalismo criou uma abundância sem precedente na história humana habilitanda centenas de milhões a viverem melhor hoje do que todos os reis do passado.

Menos Capitalismo significa mais miséria humana

Mas as nações não capitalistas – as ditaduras fascistas, socialistas, militaristas ou teocráticas – escravizam seus próprios cidadãos e subsistem numa miséria abismal. O padrão de vida em muitas nações africanas é de cem a duzentos dólares americanos por ano. Na Coréia no Norte pessoas morrem de fome pelas dezenas de milhares. Em Cuba eles se afogam tentando nadar para a liberdade nos Estados Unidos. Milhões de pessoas oprimidas ao redor do mundo anseiam emigrar para o Mundo Livre. Mas quem nas nações capitalistas procuram emigrar para o Camboja ?

O que torna possível o sucesso impressionante do Capitalismo ?

Quais são os princípios que explicam o fato de que as maiores invenções e obras de arte da humanidade – os avanços materiais e espirituais que mais promoveram a vida – a máquina a vapor, o cinema, o telégrafo, o telefone, a luz elétrica, a novela, o automóvel, a sinfonia, o avião, o rádio, a televisão, o computador pessoal, a Internet, e incontáveis curas médicas – foram criados sob o Capitalismo ?

A resposta simplesmente é: LIBERDADE.

Quando os homens estão livres para perseguir seu auto-interêsse racional, quando eles estão livres para usar suas mentes na procura do lucro e do melhoramento de suas vidas, eles são magnificamente produtivos. A liberdade política/econômica do capitalismo libera as melhores mentes e os homens mais ambiciosos para construir, criar, inovar, inventar, e promover a felicidade e o bem estar humanos.

O maior inventor da Humanidade, Thomas Edison, em seu laboratório em Menlo Park, customizava seus projetos especificamente com o objetivo da lucratividade. ele, e tantos outros grandes inventores e industrialistas responsáveis pelo aumento dos padrões de vida da humanidade, mereceram e desfrutaram de grande riqueza. Deixados livres – sob o Capitalismo – para criar, produzir, e construir para ganho próprio eles, como conseqüência, elevaram o padrão de vida de todos.

A Mente

Envolvido nisso está um princípio mais profundo: o Capitalismo é o sistema da mente. A mente é o instrumento fundamental de sobrevivência do homem, assim como as asas o são para os pássaros. É somente por meio do pensamento racional e pelo trabalho produtivo que o homem pode elevar seu padrão de vida e aumentar sua expectativa de vida. Mas a mente não funciona sob coerção. A coerção paralisa a criatividade. A mente não pode ser escravizada. O Capitalismo floresce por que é o único sistema de mentes livres, homens livres e mercados livres.

Os maiores pensadores e ativistas da história – de Aristóteles a John Locke, de Thomas Jefferson a Adam Smith, Ludwig von Mises, e Ayn Rand – reconheceram, lutaram, e glorificaram a liberdade da mente humana. Eles compreenderam que quando os homens são oprimidos, a mente racional é subjugada, e a escuridão do barbarismo se segue. Mas quando os homens são livres para pensar e agir com base no que pensam, quando a mente é liberada, a Renascença e o Iluminismo são possíveis. Liberdade significa liberdade da mente. Opressão significa opressão da mente.

Inevitável

Não é por acidente que os períodos de maior liberdade para o homem presenciaram suas maiores realizações. Desde a Idade de Ouro de Atenas até a Renascença Italiana até as desafiantes descobertas tecnológicas e industriais dos Estados Unidos da América, a liberdade da mente do homem levou a avanços magníficos na filosofia, nas artes e na ciência.

Esta é a promessa e a possibilidade do capitalismo. Esta é a Visão do Capitalismo. Esta é a nossa visão.

Libertemos a mente do homem e presenciemos o espetáculo de seu avanço. Alegremo-nos com a beleza de suas esculturas, pinturas e sinfonias, vibremos com os heróis de suas novelas, maravilhemo-nos de seu avanço filosófico, científico e tecnológico.

O Ocidente progrediu culturalmente e economicamente porque ele teve um mínimo de reverência pela mente humana e pelos direitos inalienáveis do indivíduo. Não se pode escapar destes pré-requisitos do avanço humano. Se nós desejarmos o efeito da Renascença cultural, nós devemos implementar a causa da liberdade política/econômica.

O predicamento atual dos milhões de indivíduos esfomeados do Terceiro Mundo é idêntico ao da Europa da Idade da Escuridão. Suas mentes e seus corpos estão oprimidos por ditadores políticos. Dê-lhes a liberdade – e dê-lhes a vida. ele tem a vantagem de ter presenciado o que o Ocidente alcançou. Quando eles instituírem a liberdade, eles poderão replicar os resultados do Capitalismo.

Vossa vida, vossa escolha

O Capitalismo é o maior benfeitor que o homem já teve. Está na hora de os homens e mulheres pensantes de cada nação reconhecerem este fato e abraçarem inteiramente o sistema da mente e dos direitos individuais.

Homens e mulheres de todos os países unam-se – em seu apoio ao capitalismo.
Você tem a ganhar um mundo de jubilosas realizações.





© 2001, 2002 Andrew Bernstein & PRODOS

The official position statement of Celebrate Capitalism™




Bernstein Declaration main page



Celebrate Capitalism™









PRODOS Institute for Global Freedom, Invention, Prosperity
The PRODOS Institute Inc. PO Box 2165, Richmond South VIC 3121, Australia.
Phone/Fax: + 613 9428 1234. Email: prodos@prodos.org