Histórico da Paróquia de Águas de São Pedro

Criada por Dom Ernesto de Paula no dia 29 de maio de 1954 a Paroquia Imaculada Conceição de Águas de São Pedro, completou seu jubileu de outro no ano de 2004 tendo como pároco o padre Ronan Bellinello Avino que completou em 2006, 6 (seis) anos de pároco frente a esta Paróquia. A cidade de Águas de São Pedro completou 66 anos neste mesmo ano de 2006 e tem como alicerce de sua história a empresa "Águas Sulfídricas e Termais de São Pedro S/A" que adquiriu toda área necessária para a implantação de uma estância, e o marco inicial foi o Grande Hotel São Pedro, inaugurado em 1940, por Dr. Otávio Andrade que tinha como ideal projetar uma cidade para repouso físico e mental de todas as pessoas que aqui viessem em busca de saude e paz.

Na década de 40, ainda não havia sido criada a Diocese de Piracicaba e esta região fazia parte da Paróquia de São Pedro, sob a jurisdição da Diocese de Campinas, presidida por D. Paulo de Tarso Campos, primo da sra. Maria Julia das Dores Andrade mãe do Dr. Otávio Andrade,que pede ao filho que, concomitantemente à construção do Grande Hotel, edificassem também a “Casa de Deus”. Foi feita a opção do local, o alto da colina, de onde se vislumbrava toda a região.

Em 1946 ficou pronta a Capela com todo mobiliário necessário com o teto de madeira, vitrais coloridos, segundo modelo arquitetôniconormando, escolhido por Dr.Otávio, que havia visto uma capela muito bonita no bairro Alto da Boa Vista no Rio de Janeiro, aproximadamente no ano de 1922, quando lá esteve por ocasião da comemoração do centenário da Independência do Brasil. A capela foi dedicada a Nossa Senhora da Conceição, padroeira escolhida pela própria sra. Maria Julia por ser devota fervorosa da Mãe de Deus.

Criada a Diocese de Piracicaba D. Ernesto de Paula, atual bispo Diocesano, enviou dois cônegos Premostratenses, cônego Marcos Van Inn e cônego Gilberto Creemers para as cidades de Àguas de São Pedro e Santa Maria da Serra, respectivamente. Após o desmembramento de Águas da paróquia de São Pedro, côn. Marcos Van Inn, tomou posse no dia 19 de setembro de 1954 quatro meses após a criação da Paróquia Imaculada Conceição de Águas de São Pedro e com o auxilio da comunidade a paróquia foi se estruturando. Côn. Marcos permaneceu em Águas de São Pedro por vinte e cinco anos quando faleceu em janeiro de 1979.

Durante esse tempo foi-se conquistado um local mais central onde se pode construir a igreja que atualmente existe, transferindo-se o titulo da Imaculada Conceição para a Igreja Matriz da cidade e dedicando a primeira capelinha a Nossa Senhora da Conceição Aparecida onde repousa os restos mortais do Dr. Otavio Andrade, fundador da cidade.

Todos se desdobraram em esforço coletivo e uma pequena igreja foi construída no centro da cidade. Enquanto se erguia um cinema e salão paroquial para a obtenção de fundos para erigir uma majestosa igreja gótica, sonhada pelo côn. Marcos, obra não concretizada devida a sua morte em 1979.

Findo a construção do prédio do salão paroquial, o segundo Bispo de Piracicaba Dom Aníger Maria Melillo orientou para que o prédio, fosse adaptado para ser a matriz de Águas, tal qual se constata nos dias de hoje, e atualmente sofre uma reforma na tentativa de se dar à estância turística uma Matriz com um estilo colonial, tentativa esta realizada com muito esforço pela comunidade junto ao pároco atual Pe. Ronan Bellinello Avino.