Manuel Alegre
"Não serei candidato em nome de nenhum partido. Serei candidato por Portugal "

Home
Notícias
EditoriaisCandidato
Biografia
Bibliografia
Antologia Política
Opinião
Discurso Directo
Discurso Indirecto
Pontos de Vista
Campanha
Agenda
No terreno
Sondagens
Estrutura
Apoiantes
Financiamento
Galeria de Arte
Links
Downloads

António Costa sobre Manuel Alegre:
“Acho que é positivo que se tenha disponibilizado”
[21.01.2010]
“Acho que é positivo que Manuel Alegre se tenha disponibilizado” afirmou esta noite António Costa no programa “Quadratura do círculo” na SIC Notícias. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa explicou que a disponibilidade de Manuel Alegre “aumenta as oportunidades de escolha do Partido Socialista. No momento próprio as pessoas decidirão quem irão apoiar”.
António Costa frisou que vai ser essencial “a concepção que cada candidato apresentar e sustentar do papel e da função do Presidente da República”. Quanto à posição do PS, Costa afirmou que “a direcção do PS saudou e elogiou a disponibilidade de Manuel Alegre e no momento próprio tomará a sua decisão”. Sublinhando o papel que o poeta teve na construção da democracia portuguesa, Costa terminou defendendo que o PS deve “tentar evitar divisões” e que deve ser encontrada “uma forma harmoniosa que some e não divida” os votos socialistas.

No debate, coube a Pacheco Pereira criticar o posicionamento de Manuel Alegre e sustentar que “Cavaco Silva não lhe irá responder”, enquanto o centrista Lobo Xavier considerou que “não se inventam candidatos” e que o próximo confronto presidencial vai ser entre Manuel Alegre e Cavaco Silva, pondo de parte a hipótese de o actual Presidente não se recandidatar.

[outras Notícias] ++