Board index Joy of Satan Portugues Mandela, terrorista comunista bancado por judeus

Mandela, terrorista comunista bancado por judeus

JoSportuguese – Joy of Satan em Português


Este grupo é para falantes de língua portuguesa que desejam estabelecer um relacionamento com Satan e discutir Satanismo Espiritual de forma séria.

Nós acreditamos que Satan e seus Demônios são seres reais. Seu tu és Satanista filosófico ou crê de outra forma, não tentes empurrar vossa crença aqui.

Pessoas que simpatizem com e/ou apoiem os inimigos de Satan (judeus, cristãos e muçulmanos) serão BANIDAS!

Blasfêmia contra Satan e/ou seus Demônios não será tolerada!

Se tu acreditas que Satan e seus Demônios são malignos, este grupo não é para ti, procure outro.

Não tentes empurrar crença Wiccana ou outros credos não-satânicos aqui.

Não tentes promover indivíduos, grupos ou organizações que atacam o Joy of Satan. Suas postagens serão apagadas e tu serás banido.

Qualquer um que promova qualquer coisa ilegal será banido, salvo Nacional-Socialismo e Revisionismo Histórico se estes forem criminalizados em vosso país.

Por favor, seja educado. Provocações não serão toleradas.

http://portugues.bucurialuisatan.com

http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com

http://thirdsexthulesociety.weebly.com/portugues.html

http://ssbiblioteca.webs.com

Sumo-Sacerdotisa Myla Limlal

Moderators: Egon, High Priestess Myla Limlal666


Egon User avatar

Posts: 2343
Mandela, protagonista da Ordem Mundial Judaica

http://www.youtube.com/watch?v=L3czqorqhkI

“Temos de perceber que a arma mais poderosa do nosso partido são as tensões raciais. Por propor na consciéncia das raças escuras que durante séculos elas foram oprimidas pelos brancos, podemos moldá-las para o programa do Partido Comunista. Na América, vamos alcançar a vitória sutil. Enquanto inflamamos a minoria negra contra os brancos, faremos o possível para instilar nos brancos um complexo de culpa por sua exploração aos negros. Ajudaremos os negros a subir em destaque em todos os setores da vida, nas profissões e no mundo dos esportes e entretenimento. Com este prestígio, o negro será capaz de casar-se com os brancos e iniciar um processo que vai entregar a América à nossa causa.”

Israel Cohen (judeu), A Racial Program for he Twentieth Century, 1912. Também no Congressional Record, vol. 103, p. 8559, 07 de junho de 1957

Image
Aqui está Mandela com um de seus chefes comunistas judeus, Slovo.

Egon User avatar

Posts: 2343
Nelson Mandela era um terrorista comunista bancado por sionistas
(minha nota: sionista é apenas outra palavra para judeu e todos nós sabemos disso).

http://www.blacklistednews.com/Nelson_M ... 5/Y/M.html

06 dezembro de 2013
Por Lee Rogers, Blacklisted News

Image

Nelson Mandela, o ex-presidente da África do Sul, faleceu aos 95 anos de idade. Os grandes meios de comunicação norte-americanos estão actualmente a passar horas e horas de tempo do ar a elogiar Mandela como uma espécie de ícone angélical da paz. Esta é uma total fabricação da realidade. Mandela originalmente juntou ao Congresso Nacional Africano um grupo revolucionário comunista fortemente influenciados e financiados por judeus sionistas. Esta organização seria responsável por todos os tipos de atrocidades na África do Sul que levaram Mandela a ficar um tempo na cadeia. Mandela co-fundou a ala militante do CNA com vários comunistas Sul-Africanos, a incluir um judeu israelense com o nome de Arthur Goldreich. O grupo foi chamado Umkhonto we Sizwe, ou Lança da Nação. É importante notar que o CNA não só atacou edifícios oficiais do governo, mas até mesmo alvos não-governamentais, como salas de cinema também. Foi essa actividade que tornou fácil para vários países, a incluir os Estados Unidos, a rotularem o CNA como uma organização terrorista. Mandela ainda estava na lista americana de terroristas até 2008. Curiosidades sobre Mandela como estes são completamente ignoradas por todos os grandes meios de comunicação porque é contrário ao retrato que eles estão a tentar pintar.

A fim de compreender quem Mandela era realmente, é necessário entender a verdadeira história do apartheid da África do Sul. As políticas de apartheid ou de segregação racial foram amplamente implementadas a partir do final dos anos 1940 ao início dos anos 1950. Essas políticas foram originalmente destinadas a dar as diferentes raças na África do Sul uma área própria independente. Naquele momento, argumentou-se entre os líderes sul-africanos, que a África do Sul não era uma única nação, mas era composta de vários grupos raciais diferentes, que deveriam estar separados. Embora os méritos de tais políticas ou a falta deles possam ser argumentados, as políticas não eram tão nefastas como fomos levados a acreditar.

O chamado governo Sul-Africano do apartheid, que foi dominado por brancos europeus, fizeram a África do Sul uma nação de primeiro mundo independente com sucesso. Esta foi a verdadeira razão pela qual os judeus comunistas procuraram usar a CNA como uma maneira de demonizar os líderes branco europeus no poder. A África do Sul representou uma poténcia económica e militar independente que precisava ser trazida sob sua influéncia.

Muito parecido com os falsos movimentos dos direitos civis na América, o CNA foi dominado por judeus comunistas mesmo até a década de 1990, quando Mandela assumiu o poder. Um artigo recente do jornal Haaretz observa o seguinte:
O Congresso Nacional Africano, o movimento de libertação que se tornou o partido do governo em 1994, teve também um conjunto completo de judeus, a incluir Joe Slovo, Ronnie Kasrils e Denis Goldberg.

O CNA não só se envolveu em atos de terror contra brancos, mas eles também faria o mesmo contra negros que suspeitassem colaborar com brancos. Especificamente eles iriam executar e torturar pessoas por acender um pneu de borracha cheio de gasolina que eles forçariam sobre o peito e os braços. A prática referida como Necklacing, normalmente levava a vítima ao longo de 15 minutos para morrer em certos casos. Centenas de execuções a utilizar este método foram efectuadas pelo CNA. Mesmo a esposa de Mandela naquele tempo, Winnie, implicitamente endossava este método de tortura e execução.

No início de sua vida, Mandela, foi cercado por judeus e recebeu seu primeiro emprego como balconista por um advogado judeu chamado Lazar Sidelsky. Ele iria associar-se com um grande número de judeus comunistas, a incluir alguns dos citados anteriormente. De facto, durante uma varredura do CNA em 1960, que resultou na sua captura e prisão, um número significativo de judeus também foram presos. Cachés enormes de armas e explosivos na posse do CNA também foram descobertos. Um artigo recentemente publicado pela Revista Tablet, entra com grandes detalhes sobre como Mandela estava unido fortemente com um número significativo de sionistas e comunistas judeus antes e até no momento de sua prisão.

Em 1985, o presidente da África do Sul Pieter W. Botha, ofereceu-se para libertar Mandela da prisão se ele rejeitasse incondicionalmente a violéncia como instrumento político. Mandela recusou a oferta. Este facto destrói completamente a ideia de que Mandela era um homem de paz.

A libertação de Mandela da prisão em 1990, foi recebida com ampla cobertura dos media de todos os principais veículos de imprensa judaicamente controlados, a incluir os media americanos. Em vez de se concentrar em seu passado, ele foi retratado como um homem de paz e um combatente icónico da liberdade. Os media tendenciosos foram usados para fazer as pessoas esquecerem quem ele realmente era. Surpreendentemente, o espetáculo ridículo dos media ajudou Mandela a se tornar presidente da África do Sul, a permitir que seus apoiadores judeus mudassem-se para a África do Sul em uma nação dirigida por princípios comunistas.

Des da ascensão de Mandela à Presidéncia, a economia sul-africana realmente piorou em comparação com quando ela foi conduzida pelo governo do apartheid. Um artigo da BBC entra em grandes detalhes sobre quantas coisas eram melhores antes do CNA e Mandela assumirem o poder. Na verdade, a desigualdade económica é muito pior agora do que antes. O desemprego e a pobreza são galopantes com muitos sul-africanos a viverem em barracos. A dissidéncia contra o CNA é em grande parte sufocada, como seria de se esperar em uma nação dirigida por princípios comunistas. Houve também um aumento substancial no número de brancos sul-africanos a serem assassinados por negros des dessa transformação. Especificamente, branco agricultores sul-africano foram alvos primários durante este reinado de assassinato e terror.

Em suma, Mandela era nada mais do que um culto de personalidade fraudulenta que trouxe a ruína para a África do Sul. Muitos sul-africanos negros estão realmente piores agora do que sob os supostos males do governo do apartheid. Ele sempre foi um fantoche para poderosos interesses judaicos que foram os que realmente o ajudaram a ganhar o poder na África do Sul. Não é de admirar por isso que Barack Obama tinha tantas coisas gentis a dizer sobre Mandela, porque Obama está literalmente a fazer a mesma coisa para a América que Mandela fez na África do Sul. Mandela deve ser lembrado com desdém e não com reveréncia.

Post Wed Dec 11, 2013 4:39 pm
Egon User avatar

Posts: 2343
A realidade do Apartheid
Pelo Sumo-Sacerdote Mageson

De uma resposta em outro grupo:

O fato é que não havia tribos africanas que viviam na região da Cidade do Cabo e da região em geral onde os assentamentos brancos começaram. Muitos negros que trouxeram mais tarde, como trabalhos que lhes ofereceu um alto padrão de vida e segurança em relação a vida anterior. Observe todos os negros a reclamar sobre o homem branco na América hoje. Quantos estão a voltar para uma África governada por negros? Nenhum. Porque disso? Eles gostam mais daqui. O terceiro mundo está a correr, nadar e pular aos milhões para entrar em nações brancas e não o contrário. Eu acho que ao todo o homem branco não é tão mal assim.

Os brancos construíram as grandes cidades e alto padrão de vida que eles ofereceram aos negros, em troca de fazer o nível de trabalho que eram hábeis a fazer como um todo. Deram-lhes civilidade e paz. Eles não estavam a amarrá-los em árvores e chicoteá-los e tal como a propaganda estúpida. Pare de mentir. Eles tinham a proteção do Estado de direito como todos os outros. É assim que funciona a civilização.

O problema não foi a aplicação das fronteiras raciais que causou os problemas, foram as igrejas cristãs que colocaram suas mentiras igualitárias nas cabeças dos negros e um sentimento de ressentimento com isso. Os judeus comunistas simplesmente aproveitara-se disso. Agora observe a Africa do Sul afundar mais ainda na merda que é o que está a tornar-se desde o fim do governo branco assim como o Zimbábue. Por quê?

Porque os negros não constroem essas civilizações, a classe criativa dos brancos o fizeram. Sim, os negros foram permitidos se beneficiarem dela. Mas eles não são a raça da qual tal nível de civilização é uma manifestação consciente. Quando matam e expulsam os brancos do país, este afunda até o nível dos outros que não conseguiram criar tal civilização. Essa é a natureza. Os negros levaram a nação ao pó, juntamente com os judeus.

Agora, se os brancos saírem de bom grado, para ser justo, isso significa desligar a energia elétrica, água e derrubar as cidades, fábricas, escolas, hospitais, universidades, fazendas e toda a civilização que eles colocaram lá, e aí deixar os negros que gostavam de tudo isso a permanecerem na condição em que estavam antes dos brancos chegarem. Sociedades tribais violentas perto do nível de idade de pedra.

De qualquer forma, toda a vossa postagem é cheia de ideologia comunista. O que é irônico, já que pretendes condenar as acções dos próprios comunistas que tu psicologicamente apoias moralmente. Porque não estás a condenar os golpes comunistas, tu só condenas certas tácticas, Comissário.

Post Mon Dec 30, 2013 1:34 am
High Priestess Myla Limlal666 User avatar

Posts: 1210
Location: Pandemonium
pura verdade :)
A realidade do Apartheid
Pelo Sumo-Sacerdote Mageson
You don't stop when you are tired
You stop when you are done!

AVE SATAN SIEMPRE!
Hail Satan e tutti gli Dei di Duat.


http://www.alegriadeenki.com


Return to Joy of Satan Portugues