MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES
Secretaria Executiva
 

 

INFORMAÇÕES DETALHADAS SOBRE O RIO JAVARÍ

Rio Javari.jpg (64694 bytes)


 

INFORMAÇÕES

    Nasce em cotas de ordem de 400m na serra da Contamana. Toda sua extensão, cerca de 1.180 Km, serve de divisa entre o Brasil e o Peru. Corre, inicialmente sob a denominação de rio Jaquirana, em direção nordeste, até a confluência com o rio Bara, a partir de onde recebe o nome de Javarí. Após este ponto toma a direção geral norte, até as proximidades do povoado de Envira, onde muda o rumo para o nordeste, descrevendo um grande arco, para desaguar no Solimões, junto à cidade de Atalaia do Norte. Seu curso é extremamente sinuoso e sua desembocadura se dá por três braços, formados por duas ilhas, denominadas de Islândia e Petrópolis. O rio Javarí atravessa uma região inóspita, com escassa população Ribeirinha.

    O alto Javarí não é navegável devido à acentuada declividade existente. O baixo Javarí apresenta-se com características de rio de planície, com um estirão navegável de 510 Km estendendo-se da desembocadura do Javarí até a Barra do Javarí-Mirim, com intensa sinuosidade e obstrução do leito nos locais onde há desmoronamento das barrancas.

    A barra do rio Javarí, situada no ponto de encontro de terrenos pertencentes a três países (Brasil, Peru e Colômbia), é constituído por três canais que podem servir à navegação interior.

    A navegação no rio Javarí é efetuada por pequenos barcos que fazem o intercâmbio de mercadorias da região. Devido às condições físicas do rio, somente barcos de pequeno calado podem trafegar no rio.