Últimas Notícias

ONDE O SOL BRILHA PRIMEIRO

Bucólica e carismática, João Pessoa, capital da Paraíba, cresce a cada ano como um dos fortes centros turísticos do Nordeste. Conhecida por várias denominações como “Segunda cidade mais verde do mundo”, “A terra do sol madrugador” e “Terceira cidade mais antiga do Brasil”, a que melhor expressa João Pessoa é “Onde o Sol brilha primeiro”. Ela está situada no ponto mais extremo das Américas, a Ponta do Seixas, onde fica o Farol do Cabo Branco, local mais próximo do continente africano. Por esse motivo é em João Pessoa onde o Sol brilha primeiro todas as manhãs no Brasil. A Ponta do Seixas é o único ponto extremo brasileiro que é, ao mesmo tempo, extremo do país e do continente americano.

João Pessoa foi fundada às margens do Rio Sanhauá já com o status de cidade, e não de vila, em 5 de agosto de 1585, com o nome de Nossa Senhora das Neves, santa do dia em que a cidade nasceu. Durante os anos, ela recebeu diversos nomes: Filipéia de Nossa Senhora das Neves, em 1588, em homenagem ao rei Filipe II da Espanha; Frederikstadt, em 1634, durante a ocupação holandesa no Brasil; novamente Nossa Senhora das Neves, com a reconquista dos portugueses em 1654; Parahyba do Norte, em 1817, e, por fim, João Pessoa, em 1930.

O seu nome atual é em homenagem ao então governador paraibano João Pessoa, assassinado em 1930 quando concorria como candidato a vice-presidente na chapa de Getúlio Vargas. O ato é considerado por alguns o motivo para o início da Revolução de 30, mas ainda hoje não se sabe se houve algum tipo de conotação política no assassinato.

Durante o século XX, João Pessoa perdeu importância econômica para Campina Grande, segunda maior cidade em população do estado da Paraíba. Com a sua economia praticamente estagnada na primeira metade do século, a capital paraibana foi até os anos 60 uma capital administrativa, com Campina Grande como o principal pólo industrial e comercial do estado. A partir dos anos 60, João Pessoa ganhou novas indústrias devido a investimentos privados e dos governos Estadual e Federal, e assim ela reafirmou a sua posição como principal cidade da Paraíba em termos econômicos. 

Uma pesquisa realizada pelo IBGE em 2007 mostrou que a cidade possui aproximadamente 675 mil habitantes divididos em 64 bairros, sendo que o maior deles, Mangabeira, tem aproximadamente 100 mil. O clima da cidade é quente e úmido com uma temperatura média de 26ºC. Em novembro, mês das Olimpíadas Escolares, a temperatura deve oscilar entre 23ºC e 29ºC, sem muitas chuvas.

O pessoense tem a preocupação de preservar a natureza, com mais de 7m² de floresta por habitante. Por causa dessa preocupação ecológica, a cidade recebeu no evento ECO-92 o título de “segunda cidade mais verde do mundo”, ficando atrás somente de Paris.

Atualmente, a região Nordeste do Brasil não adota o horário de verão, portanto os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país devem atrasar o relógio em uma hora quando forem visitar João Pessoa.


Descubra todos os locais de competição onde serão disputadas as modalidades do evento estudantil na Paraíba.

saiba mais


O programa de competições, no masculino e no feminino, é composto por 9 modalidades esportivas.

saiba mais