Notícias

Morreu Peter O'Donnell, o criador de Modesty Blaise

Por Sérgio Codespoti   Siga Sérgio Codespoti no Twitter   | 05-05-2010

Peter O'Donnell

Peter O'Donnell, escritor inglês criador de Modesty Blaise, faleceu em 3 de maio, aos 90 anos. Segundo o jornal London Evening Standard, O'Donnell sofria da doença de Parkinson, uma enfermidade degenerativa que fragiliza o doente, deixando-o vulnerável a outras patologias.

O'Donnell, que nasceu em 11 de abril de 1920, em Lewisham (subúrbio de Londres), começou a escrever aos 16 anos. Aos 18, estava no exército e participou ativamente da Segunda Guerra Mundial, combatendo com o 8º Exército Britânico no Egito, Síria e outras partes do teatro de operações africano.

Após a guerra, O'Donnell passou a escrever roteiros para tiras de aventuras. Seu primeiro destaque foi com Garth (personagem criado por Steve Dowling e John Allard), tira publicada no jornal britânico Daily Mirror, para a qual escreveu os roteiros de 1953 a 1966.

Entre 1954 e 1963, além de Garth, O'Donnell também escreveu os roteiros da tira Romeo Brown, com arte de Jim Holdaway, com quem voltaria a trabalhar em Modesty Blaise.

Peter O'Donnell

Em 1960, O'Donnell escreveu a adaptação para os quadrinhos de uma das mais famosas aventuras de 007, Dr. No. A história foi publicada no jornal Daily Express, entre 23 de maio de 1960 e 1º de outubro de 1961 (tiras 584 a 697) e ilustrada por John McLusky.

Tug Transom é outra tira britânica com roteiros de O'Donnell, sobre um capitão da marinha mercante, ilustrada por Alfred Sindall.

Sua obra de maior importância é Modesty Blaise, tira criada em 13 de maio de 1963, e publicada pela primeira vez no jornal londrino The Evening Standard. Frank Hampson (criador de Dan Dare) deveria ter sido o desenhista da série, mas O'Donnell ficou insatisfeito com o resultado e o substituiu por Jim Holdaway.

Inicialmente, O'Donnell havia oferecido a tira para o The Daily Express, que não se interessou pelo projeto.

A aventureira Modesty Blaise foi inspirada numa garota que O'Donnell conheceu durante a Segunda Guerra, durante seus anos no Oriente Médio.

Arte de Peter O'Donnell

Com a morte repentina de Jim Holdaway, em 1970, quem assumiu o desenho das tiras foi o espanhol Enrique Badía Romero. Romero abandonou a série em 1978, para se concentrar em trabalhos pessoais. Entre 1978 e 1986, Modesty Blaise foi ilustrada por John Burns, Patrick Wright e Neville Colvin.

Romero voltou a desenhar a tira em 1986 e permaneceu na série até 2001, quando O'Donnell se aposentou. Em 2002, Romero ilustrou uma graphic novel de Modesty Blaise, baseada no conto The Dark Angels. Este material foi publicado apenas na Dinamarca, Suécia e Noruega e, posteriormente, num especial da Comics Revue, nos Estados Unidos.

A tira Modesty Blaise foi publicada na Inglaterra entre 1963 e 2001 e distribuída para milhares de jornais no mundo inteiro.

Em 1965, O'Donnell escreveu um livro da personagem, adaptado do roteiro que ele mesmo havia escrito para o filme Modesty Blaise. O livro foi um sucesso e motivou O'Donnell a escrever mais 12 volumes.

Madeleine Brent

Modesty Blaise, filme de Joseph Losey, teve o roteiro reescrito por Evan Jones, com Monica Vitti (no papel da aventureira) e Terence Stamp. O roteiro de Jones é completamente diferente do enredo de O'Donnell, e o filme possui pouca semelhança com a história original. O cartaz de Modesty Blaise foi ilustrado por Bob Peak.

Um filme de uma hora de duração foi produzido em 1982, como piloto de uma série de TV, com Ann Turkel no papel principal. A série, no entanto, nunca foi realizada.

Em 2002 a Miramax, produziu o longa-metragem, Meu Nome é Modesty Blaise (My Name Is Modesty), com Alexandra Staden, cujo propósito era impedir a perda dos direitos para o cinema sobre a personagem. My Name Is Modesty foi lançado direto em DVD entre 2003 e 2004.

O'Donnell também escreveu dezenas de livros com o pseudônimo Madeleine Brent.

Ao se aposentar, O'Donnell declarou que não desejava que ninguém mais escrevesse histórias da personagem. Atualmente, a Titan Books está relançando as tiras numa coleção de encadernados que já possui 18 volumes.

Modesty BlaiseModesty BlaiseModesty Blaise
Modesty Blaise




Links Relacionados: HQ Americana