.::. HISTÓRIA .::. FICHAS TÉCNICAS .::. FUTEBOL .::. MULTIMÍDIA .::. FLA-ESTATISTICA .::. ESPORTES OLÍMPICOS .::. FALE CONOSCO

Atletismo - Basquete - Bocha - Ginástica Olímpica - Judô -  Natação - Nado Sincronizado - Pólo Aquático - Remo - Tênis - Vôlei - Futebol de Salão - Handebol - Esportes  Extintos - Medalhistas Olímpicos - Títulos por esporte década a década

 

  • REMO  

O remo Rubro-Negro nasceu em 1895, o clube ainda nem existia quando seis jovens remadores (Nestor de Barros, Jose Agostinho Pereira da Cunha, Augusto Silveira, Mario Espínola, Jose Felix da Cunha Meneses e Felisberto Laport), idealizaram fundar uma agremiação para disputar com grupos de outros bairros regatas nas manhãs dos domingos.Os seis amigos que se reuniam todos os dias no tradicional Café Lamas, no Largo do Machado, se cotizaram e comparam pela quantia de 400 réis, um velho barco batizado de "Pherusa" o qual teve que ser reformado e quando estava em estado de novo naufragou abatido por uma tempestade, indo novamente para o estaleiro, foi roubado e nunca mais encontrado restando dele apenas uma grande saudade. O jeito então foi comprar um outro barco, da mesma maneira que o primeiro "fazendo uma vaquinha" que custou 100 réis a mais que a Pherusa, adquirindo-o de Luciano Gray e imediatamente mudado o nome de "Etoile" para Scyra", de posse de novo barco os jovens idealistas se juntaram a outros amigos e na noite de 17 de novembro de 1895 fundaram o Grupo de Regatas do Flamengo, que logo depois acabou se transformando em Clube de Regatas do Flamengo. A primeira grande vitória foi em 1900, com a conquista do Troféu Jarra Tropon, durante uma Regata Internacional, que comemorava o IV Centenário do Descobrimento do Brasil, porem a primeira vitória aconteceu em 5 de julho de 1898, na regata do torneio náutico do Brasil. 

A modalidade fez com que o Flamengo fosse conhecido antes mesmo da implantação do departamento de futebol, em 1911. Foi o maior detentor de títulos nacionais e estaduais, revelando grandes atletas, como Everardo Peres da Silva, Antônio Rebelo Júnior - o Engole Garfo, Alfredo Correa - o Boca Larga e Ângelo Gamaro, que juntos completaram a travessia Rio-Santos, em 1932, no período de cinco dias.

Em 1897, a equipe rubro-negra teve sua primeira grande participação em uma regata oficial, realizada pelo Botafogo e pela União de Regatas Fluminense, que em 1900 passou a se chamar Conselho Superior de Regatas. Dois anos antes, o Flamengo adquiriu sua mais famosa embarcação, a "Aymoré". Em 1905, o Flamengo obteve sua primeira grande vitória em uma prova clássica, denominada Taça Sul-América. O então chamado Conselho Superior de Regatas, já havia trocado de nome. Passou a ser Federação Brasileira das Sociedades do Remo.

Segundo Alberto Mendonça, em seu livro "História dos Esportes Náuticos no Brasil", no final de 1908, o Clube de Regatas do Flamengo já havia conquistado 43 medalhas de ouro, 126 de prata e 141 medalhas de bronze.

Em 12 de maio de 1912, a equipe rubro-negra ganha sua primeira regata Inter-Estadual, no rio Tietê, em São Paulo. Em 13 de outubro realiza sua segunda participação. No período de quatro anos (1916 a 1920) ganhou todos os Campeonatos Cariocas na qual fez parte, com destaque para Everardo Peres da Silva. De 1926 a 1928 foi tricampeão estadual. De 1931 a 1937 obteve o título de heptacampeão carioca e de 1940 a 1943 o de tetracampeão carioca.

Em 1963 começa a Era BUCK (Guilherme Augusto do Eirado Silva), que deu uma nova cara ao remo rubro-negro, trazendo atletas do Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Bahia. A garagem também passa por transformações para comportar melhor as embarcações. Buck chegou a ser o treinador da Seleção Brasileira, dirigiu a equipe nacional em 10 Pan-Americanos, 7 Olimpíadas e em 17 Mundiais.Ele treinou os remadores do Flamengo e conquistou um grande número de títulos. De 1965 a 1997, foram disputados 33 campeonatos cariocas e o Flamengo conquistou 31 títulos, sob a direção de Buck. Também conquistou dez títulos do Troféu Brasil.

No início da década de 80, o Flamengo ganha o decacampeonato estadual de remo. Título que voltou a receber em 1992. Em todos esses anos, o Rubro-Negro só não ganhou os títulos de 1964, 1970 e 1982.

CURIOSIDADES :

Devemos registrar também dois feitos heróicos realizados pelos remadores Rubro Negros, que foram a Travessia Rio-Santos ( Raid ), realizada inicialmente por João de Segadas Viana e Antônio José Ribeiro em 28 de janeiro de 1928, levando 93 horas; e Angelú, Engole Garfo e Boca Larga em 14 de janeiro de 1932. Na época, isto era um feito sem precedentes e os remadores foram reverenciados como heróis de desporto brasileiro. Estes valorosos atletas seguiram este itinerário:

14/01/32 - Com a ajuda de Afonso Segreto Sobrinho e Arnaldo Costa, os remadores partem da praia do Leblon rumo ao Porto de Santos.

15/01/32 - Sem saber da partida antecipada, policiais bloqueiam a rampa de acesso à garagem das ioles rubro-negras, já que não fora autorizada a travessia pelas autoridades do Rio de Janeiro.

16/01/32 - Remadores pernoitam na Ilha Grande, no sul do Estado do Rio de Janeiro.

17/01/32 - Chegada a Ubatuba, litoral norte de São Paulo.

18/01/32 - Largada de Ubatuba.

20/01/32 - Entrada no Canal de Bertioga, às 10:30 h. Às 15:00 h ocorre o desembarque no Porto de Santos.

28/01/32 - Chegada ao Rio de Janeiro, a bordo do navio Bahia. Houve festa no centro do Rio de Janeiro, com desfile em carro aberto.

 

BIOGRAFIAS DE GRANDES ATLETAS, ÍDOLOS E TÉCNICOS

Copyright ® 1999 - Todos os direitos reservados à Fla-Estatística.com , Celso Junior , Arturo Vaz