Do latim às Línguas Nacionais:

Introdução à História Social das Línguas Europeias

                                                                                                                                                                                

      Lluís V. Aracil é o principal introdutor da sociolinguística no Estado espanhol. Ministrou sociolinguística e sociologia do discurso na Universidade de Barcelona entre os anos 1976-1987. Foi presidente do “Research Committee on Sociolinguistics” (secção especializada da International Sociological Association) no período 1978-1982. A ele devemos contributos tão insignes como a primeira caracterização da sociolinguística em termos de paradigma científico, a introdução de conceitos tão divulgados (e também desvirtuados) como os de conflito linguístico, normalização linguística ou minorização. Aparecidos originariamente em diversas línguas, os seus principais trabalhos foram compilados em catalão em duas obras fundamentais: Papers de sociolingüística (1982) e Dir la realitat (1983). Publicou-se também La mort humana em 1998, livro com que por palavras do seu discípulo Josep Conill pretende contribuir para «a reconstrução do património axiológico da civilização ocidental». A última visita de Lluís Aracil à Galiza produziu-se em 1990, ano em que participou no III Congresso da AGAL, em Vigo.

 

«Do latim às línguas nacionais»

      A origem desta publicação é o seminário que, sob o título «História das Línguas Europeias», leccionara o sociólogo de origem valenciana na cidade de Ourense de 7 a 9 de Dezembro de 1988. Organizado pela Comissão Sociolinguística da AGAL e, especialmente, pela Presidente (na altura) Maria do Carmo Henriques, realizara-se na antiga Escola Universitária de «Magistério» da cidade das Burgas. O livro contém um prefácio de Ângelo Cristóvão, como organizador. Apresenta-se a seguir o texto integral do referido seminário (incluídos os debates). Continua com um apêndice onde são reproduzidos textos originais de diversas épocas históricas, como exemplo das diferentes concepções sobre as línguas, e uma ampla bibliografia. O epílogo, da inteira responsabilidade do professor e sociolinguista valenciano Josep Conill, leva por título “Dizer o sentido. Uma aproximação à sociologia de Lluís V. Aracil”. O leitor achará neste texto um crítico e esclarecido estudo da obra araciliana, o que facilitará o seu conhecimento no espaço lusófono. O volume finaliza com a mais completa bibliografia do autor de Dir la realitat.

 

Edição crítica

      Do latim às línguas nacionais: introdução à história social das línguas europeias é uma edição crítica que não se limita a reproduzir o texto original. Aliás, contribui para o texto araciliano com 400 referências bibliográficas e 160 notas de rodapé, da responsabilidade conjunta de Ângelo Cristóvão e Josep Conill. Destarte, leva-se a termo o lema do autor segundo o qual é preciso dar um sentido de abertura, de divulgação, fornecendo ao leitor interessado múltiplas referências de modo a poder continuar a investigação nos diversos temas delineados.

Um conteúdo de alta densidade

      O livro não é um catálogo de autores, acontecimentos nem línguas, porque o texto está principalmente orientado ao estudo do contexto geral, dos lugares-comuns – e não acontecimentos particulares de uma língua particular – que ao autor pareceram mais salientáveis, com o fim de ajudar a compreender o percurso linguístico (e cultural) da Europa, e que permitem perceber uma linha evolutiva no pensamento, na concepção das línguas – nomeadamente do latim – e no seu relacionamento através dos séculos. Os primórdios da literatura escolástica, a distribuição dos usos entre o latim e as línguas vulgares, o surgimento da imprensa, o papel da Igreja, o humanismo vulgar, as literaturas modernas, a república literária, as línguas no ensino e o nacionalismo, junto com os seus contextos e consequências, são referenciados bibliograficamente com o mesmo objectivo: a compreensão dos processos históricos conduzentes à situação actual.

      Não pode esperar-se de Aracil receitas prescritivas nem fórmulas mágicas para os problemas das línguas minorizadas. Talvez o seu maior contributo seja o valor do – seu – exemplo. Explicar o que tem significado o latim na civilização europeia e fornecer os elementos suficientes para perceber como é que se têm constituído as línguas nacionais, é o melhor favor que pode fazer-se àquelas comunidades linguísticas cujos idiomas se acham situados num nível entre a oralidade ágrafa e as chamadas línguas de cultura. Portanto, o autor não procurou na sua história das línguas europeias uma recensão definitiva da verdade histórica, mas realizar prospecções interessantes sobre um tema tão volumoso e importante quanto ignorado. Esta é precisamente uma das chaves interpretativas do livro, uma lição ética para quem estão habituados a agir conforme às consignas e explicar tudo por meio das cábulas. Aracil apela continuamente ao esforço por «des-ignorar» o nosso mundo, à necessidade de compreender e assumir o património axiológico europeu, o que é, em primeiro lugar, uma responsabilidade pessoal.

 

ÍNDICE DO LIVRO

 

PREFÁCIO, POR ÂNGELO CRISTÓVÃO

 

DO LATIM ÀS LÍNGUAS NACIONAIS:

INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DAS LÍNGUAS EUROEIAS

    

1.     INTRODUÇÃO. PERSPECTIVA HISTÓRICA

2.     O LATIM E AS LÍNGUAS EUROPEIAS

2.1.  O LATIM E OS VULGARES

3.     A IGREJA

3.1.  AS HERESIAS MEDIEVAIS

3.2.  COLÓQUIO

4.     O LATIM EUROPEU

5.     LITERATURA E DESENVOLVIMENTO DOS VULGARES

6.     A IMPRENSA E O SURGIMENTO DAS LITERATURAS MODERNAS

7.     O HUMANISMO VULGAR

8.     A RESPUBLICA LITTERARIA

9.     LÍNGUAS NACIONAIS, EDUCAÇÃO E BACHARELATO

10.   AS LÍNGUAS MODERNAS

11.   MUDANÇAS QUANTITATIVAS E DEMOCRACIA

12.   NAÇÃO E NACIONALISMO

13    CONSIDERAÇÕES FINAIS

13.1.COLÓQUIO

14.   APÊNDICE

15.    BIBLIOGRAFIA

 ÍNDICE ANALÍTICO

      EPÍLOGO, POR JOSEP J. CONILL

 

        DIZER O SENTIDO: UMA APROXIMAÇÃO À SOCIOLOGIA DE LLUÍS V. ARACIL

        BIBLIOGRAFIA GERAL ACTUALIZADA DE LLUÍS V. ARACIL

 

 

FICHA TÉCNICA:

TÍTULO: Do latim às línguas nacionais: introdução à história social das línguas europeias.

AUTOR: Lluís V. Aracil

ORGANIZADORES: Ângelo Cristóvão e Josep Conill

EDIÇÃO: Associação de Amizade Galiza-Portugal

IMPRESSÃO: Barbosa e Xavier, artes gráficas. Braga

DISTRIBUIÇÃO: Livraria Minho. Largo da Senhora-a-Branca. Braga