Causas da chuva de sapos

É difícil criar uma imagem mental de uma inundação de sapos que não tenha Moisés vendo à distância. A imagem bíblica de uma massa surpreendente e viscosa é duro de evitar. Contudo, há uma explicação bem simples para a coisa toda: ela envolve redemoinhos de ventos e criaturas de baixo peso.

A chuva de sapos é citada na passagem bíblica do Êxodo como uma das dez pragas do Egito, como mostra esta gravura de 1670 de Gerard Jollain
Reprodução
A chuva de sapos é citada na passagem bíblica do Êxodo como uma das dez pragas do Egito, como mostra esta gravura de 1670 de Gerard Jollain

Os sapos podem pesar somente alguns gramas. Mas mesmo os mais pesados não são páreo para um tornado aquoso, ou tromba d'água, como é chamado quando um redemoinho de vento pega água. A série de eventos que podem levar a uma chuva de sapos acontece mais ou menos assim:

Um pequeno tornado se forma sobre um corpo de água. Esse tipo de tornado é chamado de tromba d'água e geralmente é desencadeado por um sistema de alta-pressão precedendo um grande temporal com trovões.

Como acontece com um tornado que se forma na terra, o centro da tromba d'água é um túnel de baixa-pressão dentro de um cone de alta-pressão. É por isso que ele pega itens de peso relativamente baixo em seu caminho - vacas, trailers e carros são sugados para dentro do vácuo do vórtex. Mas como uma tromba d'água está sobre água e não sobre terra, não são automóveis que acabam sendo pegos em seu torvelinho de vento, mas água e criaturas do mar.

Trombas d'água como essa, que atingiu o Rio de Janeiro, em abril de 2009, podem sugar animais aquáticos e provocar uma chuva de coisas estranhas quando se dissipam
Reprodução / TV Globo
Trombas d'água como essa, que atingiu o Rio de Janeiro, em abril de 2009, podem sugar animais aquáticos e provocar uma chuva de coisas estranhas quando se dissipam
A tromba d'água suga os itens de peso baixo do corpo de água à medida que se move por ele. Os sapos são justamente os mais leves. Eles acabam no vórtex, que continua a se mover pela água com as nuvens de tempestade de alta-pressão. Quando uma tempestade particularmente poderosa atinge a terra, a tromba d'água pode ir com ela.

Quando a tempestade atinge a terra, a tromba d'água perde um pouco da sua energia e se acalma. A pressão cai. Paulatinamente, as nuvens liberam a água que estão carregando. À medida que a chuva cai, o vórtex vai perdendo toda a pressão que o mantém, e ele libera o que quer que tenha pego em seu caminho. Algumas vezes, essa carga inclui sapos.

O resultado final é chuva de sapos. Às vezes são algumas dúzias de sapos - ou algumas centenas ou até milhares. E geralmente, não são apenas sapos. Os sapos têm a maior contagem por causa de seu papel no Êxodo, mas as trombas d'água podem carregar todo tipo de coisas. Então, qual é a coisa mais estranha que já caiu do céu? Descubra na próxima página.