Arquivo da tag 'Cabelo'



Rihannão em crise capilar
em 22 de agosto de 2013 . Bia, Cabelos, Celebridades

Olha, se tem uma pessoa mais confusa com cabelo do que eu e quiçá Katy Perry é Rihanna. Confesso que sinto uma leve inveja por essas gringas terem uma facilidade enorme de mudarem de cabelo num piscar de olhos. Mas dessa vez, Riri apelou. Depois de abandonar as longas madeixas com californianas a gata ficou cinza ~ intencionalmente ~ e na semana seguinte cortou o cabelón. E cortou muito!

8

Não sei se vocês curtiram, mas não achei que ficou bom… Não por estar curto, mas talvez pelo corte (que, cá pra nós, não parece um corte específico. Parece que ela desistiu dos apliques e acabou a conversa!). Não sei o que rolou, mas acho que ela não ficou muito satisfeita também não. Ela tem muita atitude e é um mulherão lindo, mas esse cabelo não condiz com a postura bad gal dela. Não sei se é porque ela tem se vestido muito estranho ultimamente… o que houve, Riri? Conta pra Bia!  Fiz uma pequena seleção dos últimos 4 anos da vida capilar da cantora. Vai dizer que ela não me superou?

R-tile

Riri com o corte divo, toda trabalhada no degradê com undercut. Nem preciso dizer que amei, né?!

Riri, solta os cachinhos, gata. Mas dá um jeito nesse corte, amigue! E vocês, o que acharam da nova fase “natural” dela?



Inspiração: Coques!
em 30 de julho de 2013 . Bia, Cabelos, Inspirações

Se tem um penteado que eu adoro é coque. Acho que vai bem com tudo! Sempre estou com o meu fuá no alto da cabeça – acho mega prático enrolar o cabelo pro alto e sair de casa. Mas também gosto muito dos mais elaborados e chiques. Separei alguns modelos pra vocês se inspirarem:

Esses bagunçadinhos e cheios de fios soltos são os meus favoritos! Estou escolhendo o que eu vou usar no baile – ainda mais que meu cabelo está mais claro ao longo do comprimento. Vocês já viram? não me matem, em breve explico a mudança!

E vocês? Gostam de coques? 


Tags: , ,

Eu testei: Super Óleo 8 Garnier Fructis
em 23 de julho de 2013 . Bia, Cabelos, Eu testei, Resenhas

Sabe aquelas coisas que você não acredita muito, mas vê todo mundo falando bem e fica curioso? Então. Foi esse óleo. Confesso que não ponho muita fé em coisas miraculosas, mas testei e mega aprovei esse daqui!

Ele é bem diferente dos outros óleos capilares que já usei. Realmente é bem leve e isso facilita a aplicação. As instruções de uso indicam de 3 a 4 pumps para o cabelo todo. Por ser tão levinho, subo um pouco pra perto da raiz, passando a mão “suja” de óleo, depois de ter aplicado ao longo dos fios. Não deixa o cabelo com aspecto pesado e gorduroso de óleo, muito pelo contrário. Os fios ficam mais soltos e com aspecto de saudáveis.

Ele tem essas 8 funções acima. De todas, concordo com o brilho, selagem das pontas, desembaraço, controle do frizz e suavidade. O cabelo fica incrível quando seco com secador. Ao natural, não vi muito resultado, mas senti uma leve diferença. Ele protege até 230°C e achei os fios ficaram mega macios e cheirosos. Já a nutrição e os demais quesitos são coisas que não dá pra gente ver de verdade, né?!

Viram como ele é fluido?  Achei engraçado ele ser transparente, na embalagem parecia amarelinho!

Há duas formas de usar: antes de lavar os cabelos ou depois disso (pode ser úmido ou seco, como finalizador). Confesso que o primeiro eu não tive muita coragem, mas um dia experimento! O cheiro não é nada de especial, me lembra cheiro de bronzeador, algo do tipo.  Achei que com o uso contínuo ficou mais hidratado. Amei esse produto, de verdade.  Só acho que a válvula é um pouquinho pequena, então, na hora de aplicar, com a mão um pouco molhada dificulta e vira e mexe derrubo. Merece 5 estrelinhas, um beijinho e um lugar no coração! Comprei na Pacheco e custou R$19,50.



Máscara para cabelos SH-RD com Óleo de Argan Shaan Honq
em 23 de maio de 2013 . Cabelos, Lívia, Resenhas

Essa máscara para cabelos veio na glambox de março, nunca tinha ouvido falar da marca e depois de dar uma pesquisada sobre ela fiquei empolgada pra testar, porque vi muita gente falando bem! A máscara tem óleo de Argan e promete hidratação profunda e maciez. Você pode usar de várias maneiras, eu resolvi testar usando no lugar do condicionador e deixando por uns minutinhos enquanto tomava banho.

Ela é bem grossinha e ADORO cremes assim, porque já até falei pra vocês, tenho a sensação de que hidrata mais! #coisadelouca Senti sim que ela hidrata muito e meus cabelos ficaram super macios e sedosos (isso, tipo propaganda de shampoo! hahaha) no dia que usei, mas foi uma hidratação e maciez que não durou após outras lavagens! Ou seja, o efeito em mim, só durou entre uma lavagem e outra. Fiquei com medo de usar várias vezes seguidas, porque por ser uma máscara potente (pelo menos no dia que usa) poderia deixar o cabelo pesado.

Enfim, é boa sim, mas por R$32 o vidrinho de 35 ml (tipo amostra grátis mesmo), eu não sei se compraria!

Alguém já usou? O que achou?



O lado negro da força – todo mundo deixando de ser loiro
em 14 de março de 2013 . Bia, Cabelos, Celebridades

Gente, o que houve com o blond power? Nessas últimas semanas algumas das loiras famosas deixaram o loiro e ficaram ‘morenas’. Me senti menos louca depois disso, confesso – não fui a única loira que surtou.

A Britney foi a que mais chocou, não foi? Me preocupa um pouco a Ash. Será que a nossa eterna Hanna de  Pretty Little Liars vai sair do programa? Bem, só assistindo. E vocês? Preferem o antes ou o depois?



O corte Pixie, o antigo “Joãozinho”
em 26 de fevereiro de 2013 . Bia, Cabelos, Moda

Quem é das antigas ou tem algum parente bem mais velho já ouviu falar nesse tipo de corte. É aquele bem curtinho, tipo de homem. Minha avó sempre diz: “Fulana cortou o cabelo tipo Joãozinho!“. Sempre achei bonitinha a denominação. Mas pixie é bem mais cool, não?!

Pra mim, quem trouxe de volta a ideia foi a musa Emma Watson. Ela revolucionou a cabeça dos eternos fãs de Harry Potter o/ quando apareceu de cabelo curtinho, deixando a Hermione pra trás. Mas ela não é a única. Outras famosas também aderiram ao corte.

pixiegirls

Eu sou louca pra cortar assim, tipo o da Ginnifer, a Branca de Neve mais linda. Mas calma, só depois da minha formatura, quiçá quando eu tiver uns 30, 35 anos – Gut, não desista de mim!. Acho muito bonito, mas não é pra qualquer pessoa. Só que no fundo, prefiro mesmo os cabelões bem grandes. Mas que um dia eu corto assim, corto!



Meu cabelo novo!
em 22 de fevereiro de 2013 . Bia, Cabelos

No Insta vocês já viram a novidade, né? Pois é. Apesar da maioria achar que eu sou louca, eu gostei muito do resultado.

Essa tinta fica praticamente da cor natural do meu cabelo que é loiro escuro acinzentado. É claro que ainda vai desbotar, abrir mais o tom e acabar ficando diferente, mas procurei a cor mais próxima possível da raiz. Justamente pra não ter mais trabalho com cabelo.

Aí, você que gostava do meu cabelo diz: “mas por queEeÊEeêeê, por quê, Deus!”. A verdade é que uni duas coisas pra tomar essa decisão: EU não me aguentava mais, MEU CABELO não aguentava mais. Descoloração não é uma coisa simples, requer muitos cuidados – e tempo pra eles! Eu não tinha mais tanto tempo e nem opções pra deixá-los nutridos como deveria. É um trabalhão ser loira!

Tirando a parte de eu não me reconhecer mais no espelho, de não gostar mais do que eu via, meu cabelo estava frágil, sem vida e cada vez mais arrebentado. Acordava todos os dias com muitos, muitos fios no travesseiro, no no lençol, no chão… Sabe quando você se torna escravo do seu cabelo? Então. O pior é que, por mais que eu fizesse, não conseguia ter um cabelo saudável.

Sem falar na rapidez em que meu cabelo cresce! Em menos de um mês eu estava com 2 dedos de raiz. O auge da insatisfação foi quando eu, linda e loira fui ao clube no final de semana e saí da piscina com o cabelo VERDE – mesmo com leave-in pra dar e vender e protetor solar nos fios. Resultado? Umas 4 lavagens com shampoo antirresíduos e bye -bye tonalizante - #biaamarela

Então eu cansei, surtei. Chega de ter que retocar raiz, de ficar cuidando, cuidando e cuidando como se não  houvesse amanhã e praticamente não ter resultado. Haja cauterização e máscara para dar conta daqueles fios, gente! Não é coisa de Deus. Pode até ser bonito, mas eu cansei – dele e principalmente de cuidar dele.

Não que agora não precise cuidar, mas quero dar uns descanso de descolorante. A minha intenção agora é deixar crescer e, no máximo clarear um tom ou dois nas pontas. Como eu sei que vai desbotar, em breve estará mais claro e pode ser que eu nem mexa.

Se você também tem vontade de ser livre e deixar de ser loira, recomendo muito que procure um profissional. Quando os fios estão muito claros como os meus estavam, você precisa fazer uma pré-pigmentação antes e depois entrar com a tintura.

Apesar de me olhar no espelho e pensar “olha, estou ‘morena’!”, gostei muito, sabe. Agora só lavo, deixo secar e vou ser feliz. Loiro é um vício, é fato. No final das contas, sempre acabo voltando pra ele. Foi bom , foi ótimo enquanto durou, mas agora chega. Pelo menos por enquanto!

#naomematem


Tags: ,

O cabelo de Cléo Pires
em 12 de fevereiro de 2013 . Bia, Cabelos, Celebridades

Desde que começou a novela Salve Jorge que estou de olho no cabelo de Cléo Pires. Eu acho a atriz linda e esse cabelo mais claro ressaltou o formato de rosto que ela tem.

Como o cabelo dela é muito escuro e grosso, o processo foi demorado e feito em quatro etapas. Primeiro foi utilizado um descolorante mais fraco pra chegar em um tom mel, sem danificar. Depois o processo foi repetido mais 3 vezes na semana seguinte, passando do mel para o loiro-médio, depois pro loiro-claro, até chegar no loiro claríssimo – tudo na mesma semana.

Mas pra que esse processo pudesse ser feito em tão pouco tempo sem danificar os fios, antes da descoloração o cabelo passava por dos tratamentos, um de multivitaminas e outro com aminoácidos. E até hoje Cléo diz cuidar semanalmente dos fios e de ter trocado o condicionador por máscara para que fique mais saudável e facilite na hora de desembaraçar.

Não consegui descobrir a técnica utilizada. Uns dizem que é californianas, outros dizem que é ombrè e há ainda aqueles que afirmam ser luzes 3d. O fato é que a raiz está mais escura, praticamente natural e com umas mechas de dois tons abaixo. A descoloração aumenta progressivamente deixando as pontas bem mais claras. Ficou lindo, né? Eu bem já quis pra mim, mas e o medo de não dar certo? Quem sabe um dia…



Da série: Não tentem fazer isso em casa
em 28 de dezembro de 2012 . Bia, Cabelos

Esse post também poderia se chamar outras séries como: “quem avisa amigo é”, “time que está ganhando não se mexe” e “não inventa moda, menina!” . A história é longa, seu sei. Mas preciso compartilhar porque sei que existem muitas Bias perdidas nesse mundo de meu Deus e que adoram uma mudança caseira.

Certo dia, passeando pelo You Tube, encontrei um vídeo que ensinava a fazer mechas no cabelo de baixa duração (segundo a autora, sai em 10 lavagens no máximo). Fiquei animadassa! Percebi que o cabelo dela era meio duro, sem brilho. Mas como estava muito modelado, achei que fosse por isso.

A técnica era usar giz pastel de óleo (aquele de pintura, esse mesmo) nos cabelos úmidos e ser feliz. A retardada empolgada aqui comprou o amarelo Lady Gaga pra fazer o mesmo efeito nas pontas. Comecei a fazer e senti muita dificuldade. Achei difícil de aplicar, de espalhar. Além da imensa sujeira que faz, o cabelo fica mais ressecado do que nunca! Conforme ia secando, as mechas grudavam e a escova não descia, arrebentava o cabelo, saía um pó amarelo. Era um sinal. Eu sou teimosa.

Achei que fosse porque não estava pronto, que precisasse estar completamente seco. Nesse meio tempo, cada vez que eu escovava o cabelo, acabava “levando” o giz pro restante do comprimento. Foi tudo ficando amarelo e ressecado. Pra completar, resolvi passar uma chapinha. Pra quê, meu Deus… No dia seguinte, o travesseiro estava amarelo, o lençol, meu rosto, minha mão, o cabelo inteiro. Gente, era amarelo mesmo, tudo! Sem falar na ‘emboleira’ que estava. Atrasada pro serviço, ainda lavei o cabelo 5 (eu disse cinco) vezes com shampoo anti resíduos. Resultado? Cabelo hiper ressecado E AINDA AMARELO.

Gente, entrei em desespero. Fui trabalhar e todo mundo me perguntava com cara-de-quem-tá-achando-uma-porcaria: o que você fez nesse cabelo, Fabiana??? Desesperada, resolvi fazer o soap cap em casa¹. Isso foi uma grande burrice. A ideia é legal pra quem tem cabelo tingido uniformemente. Com luzes, é óbvio que mancharia (sorvete na testa da Bia). Quando me dei conta disso, lavei na hora. Era tarde: já estava manchado, ressecado e elástico.

Foto: Depois do  Soap Cap molhado e seco

Apesar de estar platinado na foto, na ‘vida real’ estava terrível: amarelo puxando pro laranja, completamente sem cor. Como eu já sabia que isso iria acontecer, comprei antes um L’oreal Richesse. Da última vez que usei, escolhi o Milk Shake Gelo 9.01 que é pra neutralizar o laranja, em tom arroxeado. Como meu cabelo estava amarelado, escolhi o Milk Shake Pérola 9.02, em tom irisado – mais claro do que roxo. Fui felizona quebrar o tom piriguete do cabelo quando… chumbou. Inicialmente ficou rosa. Depois roxo. Ah! Em 3 minutos de aplicação.

Chorei, xinguei, me arrependi, chorei, chorei mais e de novo. Gente, eu só pensava na besteira que tinha feito. Eu não sabia se deixava mais tempo pra melhorar, se enxaguava na hora pra cortar o efeito… foi horrível! Depois de lavar 48 vezes (eu disse QUARENTA E OITO VEZES, sem mentira. Gastei um vidro inteiro de shampoo anti resíduos), ficou muito roxo, tipo rinsagem. Sem exagero, meu cabelo ficou muito próximo ao da Kelly Osbourne. A diferença é que eu não queria esse efeito.

Depois de tanto choro, de ver mechas e mechas no chão arrebentadas, de decidir jogar uma tinta preta, me lembrei de um comentário de uma leitora linda e santa que dava uma receitinha pra cabelos chumbados:

“[...]para tirar o chumbado todinho do cabelo em apenas um dia, é so vc usar juntamente com shampoo anti resíduos umas 40 gotinhas de vitamina c, akelas q são vendidas em farmacia, via oral msm… é tiro e queda, vc passa e vai massageando, vc vai vendo o azulado sumir todinho..[...]“

Minha mãe foi em uma farmácia 24h correndo pra comprar a tal da Vitamina C e salvar minha vida. Realmente, foi tiro e queda. Depois de 5 lavagens (todas no mesmo dia, mais as lá de cima) melhorou 70%. Duas outras lavagens depois, em dias alternados, meu cabelo estava normal novamente! É claro que precisei cortar e hidratar como se o mundo fosse acabar. Hoje meu cabelo voltou ao normal, mas ainda inspira cuidados.

Bem, passado esse drama, meu cabelo está como na foto acima. Isso serviu pra eu ver que cabelo não é brincadeira, a gente precisa de bons produtos e bons profissionais². Fica a dica pra que vocês não saiam fazendo tudo o que encontram pela internet³. Quero muito agradecer a você, Thábata! Obrigada pela dica, já conversamos por e-mail sobre isso. Você me salvou!

¹ O soap cap é uma mistura de água oxigenada, descolorante e shampoo anti resíduos. É uma química e, como qualquer uma, precisa de prova de toque. Não faça em casa, procure um profissional.

² Lembram quando eu usei o Keraton? Então. Aquilo sim é um produto específico, que não danifica. Queria algo com uma durabilidade menor, por isso fiz essa técnica. Mais uma vez ficou provado que bons resultados somente com produtos próprios.

³ Não linkei o vídeo porque não quero “sujar” a autora. Quero que vocês entendam que não foi o trabalho dela, só não deu certo pra mim.É uma menina profissional e que fez e, o mais importante: deu certo pra ela. Não digo que o vídeo é ruim ou que ensina coisas erradas, não é isso. Apenas não recomendo o uso de produtos que não tenham essa finalidade.

PS: É muito importante esse contato entre nós, blogueiras e leitoras. Assim como a gente dá dicas, também recebemos de vocês e compartilhamos. Muito obrigada, tá?!



A voz do povo é a voz de Deus – Elseve Reparação Total 5 Especial Química
em 20 de dezembro de 2012 . Bia, Cabelos, Resenhas

Encontrei com uma menina que eu conhecia e achei o cabelo dela lindo. Brilhava, sabe? Estava cheiroso, muito bonito mesmo. Ela me disse que usava esse creme, que o cabelo dela se dava super bem. Comprei no dia seguinte. Quando coloquei no Insta, muitas meninas me disseram que não gostaram. Bateu uma preocupação, confesso.

Vocês já sabem que eu troquei o condicionador por máscara. Nos primeiros dias de uso, meu cabelo ficou nojento, sério. Ficou muito pesado, parecia que estava sujo. Achei que fosse um enxágue mal feito, então comecei a usar menos quantidade. Ainda assim achei que não estava bom, nem parecia que estava limpo o cabelo – exceto pelo cheiro que é uma delícia.

A textura é muito boa, bem consistente. Mas não gostei do produto. Durante a aplicação ele deixa o cabelo bem macio, mas não facilita o desembarace. Como máscara de hidratação, pior ainda. Não senti que deu maciez, brilho, nem hidratação. Foi como se não houvesse um creme com essa finalidade ali. As pontas ficaram ruins do mesmo jeito que estavam, achei uó. E olha, não pode nem dizer que não é adequado pro meu cabelo porque o que tem aqui é química. É  uma pena porque comprei o shampoo também e agora estou usando pra acabar. Não foi caro, custou algo em torno de R$14,00 e comprei na Mega Vale.

PS: Depois descobri que a bunita estava com o cabelo lindo porque fez progressiva. Gente, não é vergonha dizer que tem mutreta no cabelón não, tá? É melhor que enganar as amigue.

PS 2: Não me esqueci do post Top 5 Máscaras das leitoras não, viu? Estou preparando! Se você ainda não disse o seu, a hora é agora!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...