Menu de navegação+

Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2014 – Como foi

Postado em outubro, 2014 por | 2 comentários

Mestre Cervejeiro Eisenbahn 2014 – É impossível descrever com detalhes, tamanha a paixão que ainda estou, mas juro que vou tentar. E pensar que um evento que eu sempre endeusei me caiu tão bem, como se eu já estivesse estado em todas as edições anteriores.

mc14-00

O Mestre Cervejeiro Eisenbahn por si só já é um acontecimento que deixa uma marca inesquecível em todos que lá participam. Pessoas fantásticas, de bem com a vida, afim de trocar experiências e de dar ouvidos aos seus pares. Entenda isso:

mc14-01

Esta foto mostra como tive uma baita responsabilidade e ao mesmo tempo fui acolhido como se fosse “da casa”. Na mesa estão Juliano Mendes (fundador da Eisenbahn e atual consultor da Brasil Kirin e empresário), Takashi (diretoria de produção da Brasil Kirin) e Jeff Evans – um Papa da escrita cervejeira, autor de livros como Good Bottled Beer Guide, The Book of Beer Knowledge, The CAMRA Beer and Pubs Quiz Book, A Beer a Day e do Blog Inside Beer. Então pense só: apenas monstruosidades na primeira mesa, digna de assustar qualquer newbie como eu. E assim tudo começou…

Mas a atenção, a cordialidade e a gentiliza dos demais hoje amigos de mesa me fez sentir em casa. E não para por ai: a cerveja eleita como melhor ficou com 71 pontos. Se é a amostra que desconfio ser, a minha nota pra ela foi de 77, com média na mesa de 76,9, ou seja, fiquei bem próximo da média da mesa da final e próximo da nota que elegeu a melhor.

E falando de mesa da final, deixe eu explicar a dinâmica: fomos 27 degustadores (era pra ser 28, mas um não pode comparecer) divididos em 6 mesas, que na final tornaram-se 3 mesas e sem os degustadores da Brasil Kirin (por uma questão de ética e respeito aos cervejeiros caseiros, somente jurados neutros ao processo participam da final). E esta segunda mesa, também só tinha feras:

mc14-07

Mesa da grande final: Fabricio (de verde), Paulo Almeida (EAP), Daniel Wolff (Mestre Cervejeiro .com), Antônio Petto (@BrejaDoDia), Maurício Beltramelli (Brejas), Paulo Schiaveto (Mestre Cervejeiro) e Gerhard Beutling (Mestre Cervejeiro da Eisenbahn)

Já na questão das amostras, houveram mais de 1000 inscrições, com mais de 200 amostras que chegaram no seu destino final e que ainda tiveram que passar por mais uma peneira fina: o temido, mas justo Beer Analyser! Uma maquininha esperta que mede as variáveis da cerveja, dentre elas OG e álcool que, apesar de terem sido acertados para terem uma margem maior do que manda o BJCP (afinal estamos falando de caseiros, não de cervejarias) desclassificou quase metade das amostras.

beer analyser   mc14-03

Partindo então das 109 amostras classificadas, no primeiro dia passaram 36 delas. Eu julguei 19 das 109 e classifiquei 6. E há quem ainda ache que isso é fácil fazer, pense: você pode “estragar” o futuro de alguém ou desanimar um bom cervejeiro se seu trabalho não for bem feito. Mas a qualidade dos meus pares de mesa e a concentração de todos certamente rendeu frutos excelentes.

mc14-04

No segundo dia das 36, julguei 6 e passei 2. E então veio a grande final, com somente 3 mesas de 6 ou 7 degustadores cada. Todos provaram as 12 finalistas e dali restaram estas cinco com melhor média, que tem a vencedora entre elas! Saiba quem são os cervejeiros:

Lucas Artése Dominguito
Marcus Vinicius Bernardi Miguel
Wellington Fioravante Salomão
Anderson Faller
Fernando Henrique Cherem Ferreira Angelo

mc14-06

Uma destas amostras é a vencedora!

Agora é aguardar para saber o vencedor, que será divulgado nos próximos dias…

mc14-08

Corpo de Jurados

Queria enaltecer e agradecer ao Instituto da Cerveja Brasil pelo carinho com todos os jurados, pela organização impecável e principalmente: pelos momentos prazerosos e únicos que ficarão gravados no HD interno do editor aqui. Obrigado Káthia, Alfredo e Estácio! Obrigado ainda ao pessoal da Mood pela cordialidade e apoio o tempo todo. Obrigado Tania Silva pela prévia organização, obrigado Fernanda de Souza (uma ás do click!) e todo staff que lá estava. Obrigado demais ao pessoal da Brasil Kirin, principalmente Leonardo Gayer e sua equipe. E por fim, obrigado aos amigos que fizeram parte da banca de jurados e os novos amigos que fiz!

Só nome de rua na foto :D

Só nome de rua na foto :D

Aguardo ansiosamente por 2015!

Saúde!

468 ad

2 Comentários

  1. Minha cerveja foi cortada do concurso devido uma analise feita no beer analyser.
    Segundo o relatorio do teste que recebi em anexo ao emais da eisenbah, a densidade inicial e de 16,19 graus plato e final 1.01751 e ABV 6,19. Estes parametros estao todos dentro do BJCP para o estilo.

    GOSTARIA DE SABER PORQUE MINHA CERVEJA FOI CORTADA MAS JA TENTEI RESPOSTAS NOS EMAILS DIVULGADOS PELA EISENBAH RELACIONADOS AO CONCURSO E NAO OBTIVE NENHUMA RESPOSTA DA EMPRESA.
    ISSO MOSTRA FALTA DE ORGANIZAÇAO E DESCONSIDERAÇAO COM OS PARTICIPANTES.

    Obrigado
    Juliano Cirino

    • Este assunto tem que ser direto com o pessoal da Brasil Kirin / Instituto da Cerveja meu caro, não tenho como responder nada pra você neste âmbito. Obrigado pela visita, abraços.

Deixe uma resposta:

<!-- hyper cache 2015-05-09 10:26:11