Distrito Federal

10 de Julho de 2015

Notícias

Conheça a placa da Mercedes que virou bairro em Brasília

Setor do Núcleo Bandeirante nasceu a partir de um letreiro de boas vindas à capital

Do R7 | 21/04/2012 às 06h15
Publicidade

Brasília era só cerrado quando o Setor Placa da Mercedes surgiu. O letreiro de uma concessionária de veículos desejando boas vindas aos visitantes e anunciando a construção de Brasília batizou a ADE (Área de Desenvolvimento Econômico) no Núcleo Bandeirante. A região, reduto boêmio nos anos 60, era habitada pelos candangos que vieram dar forma aos projetos de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa na construção de capital federal.

A placa não existe mais. Foi retirada há pouco tempo. Os moradores dizem que o letreiro não era só um ponto de referência para quem chegava à capital. Ela ocultava os hábitos dos frequentadores, que procuravam o local em busca de prostitutas e bares. Lá se concentravam todas as opções de diversão dos operários da cidade.

Leia mais notícias no R7

Paulo Antônio de Oliveira, que tem um ferro velho há 13 anos no lugar, conta que sua oficina faz tanto sucesso, que aparece em editoriais de revista e até álbuns de casamento, já que é constantemente procurada por fotógrafos para clicar modelos e noivas.

 Antigamente, os pequenos buracos atrás da placa da Mercedes eram uma zona de prostituição.

Área irregular

Apesar de existir desde a construção da capital, parte do Setor Placa da Mercedes é irregular. Segundo o administrador regional do Núcleo Bandeirante, Elias Dias Carneiro, o local está em processo de regularização.

As quadras já foram todas loteadas, mas não estão regulares.

Sulmara Aparecida Rodriguez, que é chefe da Assessoria de Planejamento e Ordenamento Territorial da Administração do Núcleo Bandeirante, estima que o setor ocupe aproximadamente 700 mil metros quadrados. Ela conta que os conjuntos de 1 a 9, com exceção de alguns lotes do conjunto 8, já são regulares e parte do 8, 10 e 11 ao 18 estão em processo de regularização.

Segundo ela, a regularização esbarra em restrições ambientais e depende de um parecer favorável do Ibram (Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal), que, até a publicação do texto, não havia comentado o assunto.

Envie sua foto

Se você tem uma foto da placa da Mercedes qeu deu origem ao setor, mande para nós. Bata enviar para o e-mail r7df@bsb.r7.com

 
Veja Relacionados:  Setor placa da Mercedes, construção de Brasília, Mercedes Benz, placa da Mercedes Benz
Setor placa da Mercedes  construção de Brasília  Mercedes Benz  placa da Mercedes Benz 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
RSS