Menu de navegação+

Novas Cervejas Green Flash no Brasil!

Postado em dezembro, 2013 por | 1 comentário

Novidades cervejeiras de fim de ano: acabam de chegar no Brasil algumas Green Flash! Três inéditas e uma em diferente formato, assertiva com o verão. Confira:

Saison Diego

Saison de levíssimos 4,2%ABV (há quem fale em 4,5%) e modestos 20 IBUs, esta legítima farmhouse leva na receita cascas de laranja de Sevilha, gengibre chinês e grãos do paraíso (cardamomo).

01-diego00

Na San Diego County Fair de 2011 ganhou a medalha de Bronze na categoria French/Belgian. Tem corpo dourado pálido. Topo espumoso e alvo, vai sumindo lentamente. Aroma picante de cravo, coentro, pimenta, cítricos e mofo. O sabor é moderadamente doce. Termina levemente doce e moderadamente amarga. Acabamento seco. Corpo médio de textura aveludada. O “tempero” é bem integrado e discreto ao contrário de outras saisons. Os sabores iniciais de coentro, mofo e cítricos vão desaparecendo e dando lugar a pimenta e ao amargor. Nada é dominante ou avassalador, assim como uma saison bem feita deve ser. Muito no estilo tradicional, fica longe da bagunça adocicada típica de algumas saisons. A medalha não foi em vão.

01-diego01

Ah sim: o formato pequeno, segundo a importadora, deixará esta cerveja bem mais acessível aos bolsos dos consumidores e, com o verão ai, a pedida é certa, apenas 4,2% de álcool pra tanto sabor e corpo? Vá sem medo.

Hop Head Red

American Amber/Red Ale (a Green Flash chama-a de Red IPA e eu até concordo) de 7%ABV e deliciosos 70 IBU, esta cerveja está fresquíssima! O “Hop Head” não está à toa no rótulo, vai agradar em cheio os amantes de lúpulo. Eu já havia provado anteriormente esta cerveja de alguma mala amiga, mas este lote em específico está maravilhoso. Espero que quem tem vontade de bastante amargor na boca chegue até ela o quanto antes. Leva na fervura lúpulos Columbus, Nugget e Amarillo e ainda passa por um dry hopping Amarillo bem carregado.

02-hophead01

Vencedora de muitos prêmios (Great American Beer Festival em 2009 Bronze e em 2007 Prata, na San Diego County Fair de 2011 Ouro e em 2008 também ouro na World Beer Cup – sempre na categoria American Red Ale), esta “Red IPA” tem aroma de pinheiro e lúpulo resinoso em um primeiro plano. Tons florais. Uma camada de caramelo suave e malte tostado ao fundo. Cerveja âmbar escuro. Enorme cabeça marrom bronzeada. Na boca um excelente equilíbrio. Adoro o amargor rápido logo no início.

02-hophead02

Quando chega a meio caminho, o malte tostado ao lado de alguns sabores de chocolate enlouquecem a boca! O corpo médio, com carbonatação média-leve, seco. Esta é uma cerveja bastante sólida. Fácil de beber, bem equilibrada e faz um bom trabalho escondendo o álcool. Corram pros pontos de vendas, hop heads!

West Coast IPA

Inda Pale Ale de 7,3%ABV e espancadores 95 (!!!) IBUs o amargor aqui me fez perder o rumo. Se você procura uma cerveja equilibradinha, esqueça! Do aroma ao retrogosto aqui só sentimos as porradas de lúpulos. E quantos lúpulos: Simcoe para uma salada de frutas única e raspas de toranja, Columbus para forte pungência lupulada, Centennial para pinheiro e notas cítricas e Cascade para aroma floral. Assim se auto-define esta cerveja que vai marcar sua vida sensorial!

03-west01

E quem acha que cerveja pra ganhar prêmio tem que ser “correta e equilibrada”, segura a lista: San Diego County Fair em 2008 Best of Show e medalha de ouro na categoria American IPA. Em 2007 medalha de prata na mesma categoria. Na California State Fair em 2008 1º lugar – American IPA e em 2005 3º lugar. Na Los Angeles County Fair em 2007 Ouro na categoria American IPA e pra resumir no National IPA Challenge de 2008 a cerveja foi a campeã… Ufa!

03-west02

Mas aqui: sabe aquela imagem (aroma e sabor) que você tem de uma IPA perfeita? Esta cerveja com certeza já protagonizou os sonhos de muitos amantes de lúpulo! De cor laranja âmbar cobre ligeiramente turva com uma quantidade moderada de bolhas (o copo da concorrência ajuda). A formação do topo é boa, mas fugaz, como uma boa IPA. No nariz boas notas cítricas, de terra e pinheiro. Ainda: casca de laranja, manga, limão, abacaxi, tangerina, damasco e melão. Presença no fundo de malte com notas de caramelo doce, biscoito e fermento. Bem amarga e suculenta na boca. Casca de laranja , manga, limão, tangerina, abacaxi, damasco e melão. Boa mistura de terra, floral, gramínea e picante. Encorpada e pesada na língua, com uma quantidade moderada de carbonatação. Bastante oleosa. Posso passar horas aqui elogiando e dissecando esta cerveja, mas garanto que quando você a provar irá se perder, como aconteceu comigo. Que cerveja, pessoal! Inúmeros aromas e sabores, de deixar qualquer um louco por mais um gole. Mas não se engane: a cerveja é pesada e alcoólica e cobrará por isso. Beba com os amigos.

Double Stout

Encerrando a degustação, uma American Double / Imperial Stout de 8,8%ABV e 45 IBUs. Aqui entendi a palavara “bold” no rótulo: escura como a noite e oleosa, com um monte de bolhas. Três dedos cabeça marrom com retenção decente. Deixa um lacing cremoso em torno do snifter. Impregnante!

04-doublestout01

Com uma lista vasta de prêmios (World Beer Cup de 2010 Prata na categoria Other Strong, na California State Fair de 2009 1º lugar na categoria Foreign-style Stout e em 2008 1º lugar na categoria Imperial Stout. Na Los Angeles County Fair de 2009 Prata como Imperial Stout e na San Diego County Fair de 2012 Bronze na categoria Bold Stout. E bota “bold” nisso…

04-doublestout02

Torrada e bastante robusta no aroma com boas notas de chocolate e café. Maltes de cevada torrada com grandes notas de chocolate amargo, cacau, grãos de café, aveia, biscoito, caramelo, toffee, nozes, defumado e leveduras. Notas doces de melado e açúcar mascavo. Acompanhando o aroma, o sabor inicia-se bastante torrado e doce, com notas de chocolate e café torrado. Notas secundárias de cacau, chocolate escuro, café em grão, aveia e leve fumaça. Sutil lembrança de lúpulo terroso e gramíneo, juntamente com um pouco de pinho. Também um ligeiro tom de uva passa. Pesada e cremosa, com uma quantidade moderada de carbonatação. Muito sedosa, com um acabamento suave. Calor do álcool está lá, mas é bem mascarado. Uma cerveja que dispensa curiosos. Ela foi feita pra quem gosta de cerveja negra com boas cargas de maltes. Porém, cerveja com alta drinkability, facilitando a dificuldade de se beber uma Imperial Stout, se é que isso existe.

06-gf

Agradeço imensamente meus amigos João e Helinho da Buena Beer por, mais uma vez, poder ser o primeiro a colocar nos copos seus lançamentos. Contem sempre comigo amigos, eu e meus leitores adoramos isto!

05-gf

Aguardem que logo em breve todas essas delícias estarão numa prateleira perto de você.

Cheers!

468 ad

Exponha sua opinião, deixe sua dúvida, elogie, critique, mas deixe sua mensagem!

1 Comentário em "Novas Cervejas Green Flash no Brasil!"


Visitante
17/12/2013

Tudo em 355ml AMEM