Menu de navegação+

Mineiras pra Casar!

Postado em janeiro, 2011 por | 5 comentários

Há algum tempo venho paquerando estas mineirinhas… Finalmente nosso encontro aconteceu!

Dos amigos da Cervejaria Grimor e da Cervejaria Jambreiro vieram as cervejas. A primeira uma Amber Lager que sempre que lembrada, provocar água na boca. A segunda, uma American Brown Ale  muito cobiçada que também deixa muita saudade e ainda serve para homenagear um irmão que partiu do mestre cervejeiro… Enfim, duas delícias refermentadas na garrafa que, na opinião deste que vos escreve, possuem estrelas suficientes para serem consideradas excelentes dentro de seus estilos!

GRIMOR Nº 3

Dados Técnicos:

Nome: Grimor nº 3  |  Cervejaria: Grimor| Site: www.grimor.com.br
Degustada no dia: 22/01/2011  |  Degustação do dia  |  Degustada em: Cantinho
Emb: Garrafa de 600 ml.  |  5,3 % ABV |  26 IBUs |   4,0ºC | Tipo/Estilo: Amber Lager  |  Copo: Tulipa

Avaliação Pessoal:

O deleite com esta cerveja começa antes mesmo da abertura da garrafa. Ela vem em uma embalagem que dá ainda mais força de espírito pra esta linda garrafa! O rótulo é uma mistura de tradição e tecnologia interessante. Mas a caixa… é um verdadeiro presente! Fiquei já muito satisfeito mesmo antes de começar a gelar a cerveja.

Mas depois de descansar por muitos e muitos dias na geladeira lá do Cantinho, estava na hora de derramar esta preciosidade na taça. E é isto mesmo: esta lager merece uma tulipa para que se consiga aproveitar tudo que ela tem pra oferecer: com um âmbar avermelhado (quase cobre), bolhas bem pequenas, turva e de renda bege escuro, ela desenha perfeitamente e exala um aroma delicioso de malte tostado e defumado, lúpulo herbáceo e bastante caramelo do malte.

O amargor é muito bem pronunciado no sabor, com umami evidente, a refrescância é pronta e seca. Torna-se uma excelente cerveja para harmonizações diversas pois tem um drinkability fácil e leve. Para o calor que estava no momento da degustação, a vontade era de ter ao menos mais um par na geladeira… A adstringência é perceptível, mas nada que atrapalhe.

Com aftertaste basicamente de lúpulo e malte tostado, a secura e o álcool bem inseridos, chama rapidamente a taça de volta pra boca. Muito leve!

Patrus e Gabriela, os “pais” desta mineirinha que teima em não sair da minha mente, produzem realmente uma cerveja pra abalar corações… O deste amigo aqui está abalado e SECO de saudades da mineirinha…

O que me deixa feliz é saber que logo em breve poderei pedir mais lá no Mamãe Bebidas, pois uma nova leva já está ficando pronta. Saudades do conteúdo da caixinha para cerveja mais simpática que já ví na minha vida…

Pra saber: O casal participa ativamente no twitter (@cervejagrimor) e no Facebook e também fazem parte, juntamente com Marco Falcone da Falke Bier, do NEC – Núcleo de Estudos da Cerveja.

Imagens da Degustação:

Nota:

4,43 – (Excelente) 

________________________________________________________________________

JAMBREIRO BÂDIL

Dados Técnicos:

Nome: Bâdil  |  Cervejaria: Jambreiro| Site: www.cervejariajambreiro.com.br
Degustada no dia: 22/01/2011  |  Degustação do dia  |  Degustada em: Cantinho
Emb: Garrafa de 600 ml.  |  4,5 % ABV |  30 IBUs |   5,5ºC | Tipo/Estilo: Brown Ale  |  Copo: Tulipa

Avaliação Pessoal:

Apenas uma observação particular: o rótulo é muito nostálgico, pois lembra a nossa dachshund que esteve na família por 18 anos… Então, como nota mental – não apreciar as cervejas Jambreiro depois de já ter apreciado muitas, sob risco de choro compulsivo.

Indo pra cerveja, esta American Brown Ale tem tudo que o estilo pede: aroma de café, amendoas, malte tostado e algum mel. Claro que o herbal e floral dos lúpulos (que aliás são três) aparecem também em evidência. A cor, um marrom muito escuro e avermelhado tem uma turbidez mágica que se encaixa com maestria na espuma de bolhas pequenas e persistentes e que deixam um desenho lindo no copo.

Na boca sente-se o amargor mediado adocicado e muito umami, muito convidativa para próxima golada, pois o corpo é leve e de drinkability fácil, apesar de apresentar alguma adstringência. Aveludada é a palavra.

A percepção alcoólica aparece no exato momento em que ela irira fazer falta, ou seja, perfeito!

Enfim, não se engane: o fato de ser uma American Brown Ale não a carrega de lúpulo e sim de balanceamento. Muito bem feito, por sinal. Outra paixão mesmo antes de sair da garrafa. Vai também par ao hall das garrafas saudosas lá do Cantinho. Outra que quero, muito em breve, sorver mais uma vez. Já encomendei até a camiseta :)

A Jambreio está no twitter também sempre pronta pra esclarecer suas dúvidas e atender seus pedidos: @jambreiro.

Imagens da Degustação:

Nota:

4,51 – (Extraordinária)

468 ad

5 Comentários

  1. Já tive o previlégio de degustar as duas cervejas e são realmente impecáveis!

  2. Muito bacana os posts! São palavras assim que me motivam a querer buscar a cerveja perfeita. Fiquei muito feliz em conseguir essa pontuação 4,51! Cerveja Extraordinária!!! Um brinde ao Bâdil!

  3. Parabéns pelo POst. As cervejas em questão são muito saborosas! Tive oportunidade de beber a Jambreiro na versão chopp. Muito saborosa. A Grimor… bom , esta sou muito fã.
    Abraço camarada e boas cervejas!

  4. Fabrício, muito bacana suas observações da nossa cerveja! Muito obrigada pelo prestígio! Aguardamos sua visita!
    Abraços!

  5. Show! Delícias! Tem mais? Achei BEM LEGAL o rótulo com o dog, muito autêntico!!!
    OBS: como faço para solicitar a camiseta?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tweets that mention MINEIRAS PRA CASAR! | -- Topsy.com - [...] This post was mentioned on Twitter by Taberna do Mamute, FullPintBR Fabricio. FullPintBR Fabricio said: MINEIRAS PRA CASAR! -->…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *