Correios de Cabo Verde testam novo sistema de endereçamento da Google

2016-09-08
Fonte: Correios de Cabo Verde
Foto por: Correios de Cabo Verde

A inexistência ou a existência de deficientes sistemas de endereçamento, com nomes de ruas e números de porta, constitui atualmente um problema para vários países, com especial enfoque para os em desenvolvimento e com forte expansão demográfica e crescimento urbano.

De acordo com dados mais recentes, metade da população mundial reside nas áreas urbanas e mais de metade destes não dispõem de endereços com nomes de rua e número de porta. Em muitos casos estas pessoas estão totalmente conectadas a internet, mas encontram-se fisicamente desconectadas.
Este problema cria vários constrangimentos à prestação de diversos serviços, tanto de carácter comercial - a distribuição de correio e entrega de mercadorias ao domicílio, como de carácter publico - prestação de socorro em caso de emergências e em situações de catástrofes naturais.
Até recentemente a resolução deste problema passava pela denominação das ruas e numeração dos edifícios, o que mesmo para pequenas áreas, exige avultados investimento em equipamentos e na sua manutenção e gestão.
Com o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação, é hoje possível com utilização de dispositivos eletrónicos conectados à internet, a codificação de informação georreferenciada, sobre um determinado local em formatos que podem, facilmente e de forma gratuita, serem trocados entre pessoas e organizações.
Cabo Verde, enquanto país em desenvolvimento não está alheio a este fenómeno, e pese embora os progressos registados nos últimos anos, continua a debater com este problema que tende acentuar com o crescimento dos perímetros urbanos.
E foi com o objetivo de minimizar estes constrangimentos, que os Correios de Cabo Verde, tirando partido das ferramentas tecnológicas, lançaram em 2015, o serviço Morada Certa, comprometendo-se em dar uma morada postal a cada cabo-verdiano, procurando desta forma a melhoria do serviço prestado e o desenvolvimento do negócio de entregas.
Considerado pela UPU como um exemplo de utilização das novas tecnologias na definição de novos modelos de sistemas de endereçamento, o conceito Morada Certa, foi apresentado juntamente com outras experiencias, designadamente o OLC - Open Location Code desenvolvido pela Google, numa conferência mundial sobre o endereçamento realizado em Berna em Setembro de 2015.
Como resultado da nossa participação nessa conferência, fomos convidados pela Google para associarmos ao projeto OLC, visando validar a aceitação do conceito pelo público e a viabilidade deste novo sistema como uma alternativa ao sistema de endereçamento tradicional.
O processo teve início em Fevereiro deste ano com a deslocação à Praia, do responsável pelo projeto, onde para além de reunir com a equipa dos Correios, manteve contactos com outras entidades interessadas, nomeadamente a Camara Municipal da Praia, a CVMovel, a ANAC e outros pequenos operadores (taxistas e serviços de entrega a domicilio), que prontamente se disponibilizaram a colaborar.
O OLC - Open Location Code, também conhecido por Plus+Code é um sistema de endereçamento desenvolvido pela Google para ajudar as pessoas, cujos países não dispõe de nomes de rua e número de porta, a ter um endereço.
Trata-se de um código de geolocalização calculado a partir das coordenadas geográficas de uma área ou ponto e apresenta-se em duas versões: a completa designada de Código Global e que é composta por 10 dígitos e a reduzida conhecida por Código Local, composta por 6 dígitos seguido da designação do local:
Código global – 796RWF8Q+WF
Código Local – WF8Q+WF Praia
e constitui uma forma mais amigável e fácil de indicar as coordenadas geográficas de um determinado lugar/morada.
Abaixo a identificação no mapa do local acima mencionado.
De realçar que o código não serve apenas para entrega de correio. Como o OLC funciona com o Google Maps, pode ser disponibilizado a outras entidades (táxi, gás a domicilio, amigos, familiares, entre outros), como uma alternativa ao dito endereço tradicional. Pode igualmente ser utilizado pelos serviços de emergência -ambulância e bombeiros- para facilitar na prestação dos primeiros de socorros.
Caso desejarem, os utilizadores, podem ainda confecionar uma placa com o código e colocar na porta da casa ou prédio em substituição ao número de polícia.
Para saber mais sobre o OLC, consulte o site http://openlocationcode.com/
O serviço estará disponível a partir desta data no site dos Correios www.correios.cv onde poderá encontrar toda a informação, de como obter o código OLC e como utilizar. Poderá igualmente aceder através do site do serviço https://plus.codes/.

Agosto 2016

Bookmark and Share